Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

Finalmente a União Europeia decidiu revogar o que ainda restava da sua inadmissível “posição comum” relativamente a Cuba, que remontava a 1996, e onde estabelecia uma política de ingerência inaceitável que punha em causa o direito soberano do povo cubano escolher o seu caminho.

O Conselho Português para a Paz e Cooperação considera positiva a revogação agora decidida de uma dita “posição comum” que nunca deveria ter sido tomada e que, no mínimo, há muito devia estar revogada.

O CPPC saúda Cuba pela vitória conseguida de revogação do que restava de uma “posição comum” caduca e inadmissível, e salienta que as relações entre Estados soberanos devem basear-se nos princípios da igualdade, reciprocidade e respeito mútuo, como o Governo cubano sempre defendeu e agora foi finalmente reconhecido pela União Europeia.

Direcção Nacional do CPPC